CERILUZ ALERTA PARA RISCOS DE ACIDENTES ENVOLVENDO MÁQUINAS E REDES

sinalestai2018O período de 20 de maio a 20 de junho é apontado como um dos mais propícios para o plantio das culturas de inverno, citando aqui especialmente o trigo, a aveia, a canola e a cevada, as principais cultivares usadas na região. Isso significa que se intensifica o ingresso de máquinas nas lavouras para a semeadura. Considerando que muitas dessas lavouras são cortadas por redes de distribuição de energia, é indispensável a atenção redobrada dos agricultores em relação a elas, não só com os postes, mas também com os condutores de energia e estais que as sustentam. A Cooperativa faz o alerta considerando os acidentes já registrados envolvendo máquinas agrícolas e redes de energia. Nesse ano de 2018, nos primeiros seis meses, foram sete casos de danos envolvendo máquinas e redes, ao longo de todo o ano de 2017 foram 13 acidentes e, em 2016, nove, média de praticamente um acidente por mês.

São casos de abalroamentos de postes, rompimento de condutores de energia e também danos a partir do fato da máquina enroscar nos estais. Somam-se ainda situações onde árvores são derrubadas sobre as redes com o uso de motosserras. “Por isso, pedimos que o produtor avalie sempre as condições do local de trabalho próximo às redes, verificando a distância dos postes, se eles são fixos por estais, a altura dos cabos condutores, identificando se não há obstáculos. E em caso de acidente é indispensável contatar a Ceriluz para que possamos tomar as medidas de segurança e de correção dos danos causados”, afirma Tiago Garros, engenheiro eletricista, responsável pela Central de Operação da Distribuição (COD). Em caso do operador da máquina identificar previamente riscos na realização da sua tarefa, também pode solicitar apoio à Cooperativa, pelo 0800 51 3130, que uma equipe se dirigirá ao local.

Sinalizadores - Uma iniciativa que vem sendo tomada pela Cooperativa visa diminuir essas ocorrências. Para evitar o abalroamento dos estais e postes a Cooperativa vem adotando Sinalizadores de Estais (foto), que são capas coloridas que cobrem parte do cabo, de modo que o mesmo seja visto com maior facilidade. A Ceriluz está usando ainda, em alguns casos, estacas de sinalização, também com cores chamativas, que ajudam na visibilidade e ainda servem de proteção para os estais. Além das redes novas, as antigas, ao passarem por manutenções que incluam a instalação ou substituição de estais, vêm recebendo igualmente este sistema de identificação, quando registrada a necessidade e a viabilidade dessa medida.